Dieta low carb, o que é? Hoje é dia de post de dieta. Como vocês já sabem, para variar, meu emagrecimento continua estagnado e vim falar um pouco sobre uma estratégia de emagrecimento que vem fazendo muito sucesso! Ela não é encarada propriamente como dieta e sim estilo de vida saudável. Eu já ouvia o pessoal comentando sobre ela na internet e algumas pessoas até mesmo pessoalmente, sempre usando o termo Low carb que significa pouco ou baixo carboidrato. Mas afinal, Aninha, o que é dieta low carb?

O que é dieta low carb e como seguir?

O que é dieta low carb? Ela consiste basicamente em reduzir a quantidade de carboidratos bons e ruins da alimentação e dar preferência a outros alimentos. Nutricionistas e estudiosos do assunto não costumam chamar de dieta e sim de estratégia alimentar que vai reduzir a quantidade de carboidratos tão presentes em diversos alimentos que consumimos como pães, massas, bolos, biscoitos, bolachas, entre outros, deixando esses macronutrientes em segundo plano na rotina alimentar.

Cada organismo reage de uma maneira, portanto é importante aplicá-la de maneiras diferentes dependendo do indivíduo, por exemplo, a restrição de carboidratos da dieta low carb pode ser restringida de 20g a 130g por dia dependendo de cada pessoa e de seu objetivo com ela. Desde os anos 2000, vem ganhando força e conquistando cada vez mais adeptos. Lembrando que REDUZIR a quantidade de carboidratos é totalmente diferente de ZERAR todo e qualquer carboidrato da alimentação.

A base da alimentação nos ensina o que é dieta low carb, que é basicamente consumir alimentos de verdade, a ideia é você basear sua alimentação na comida de verdade. Há toda uma polêmica sobre low carb, alguns acreditam que ela possa não fazer bem à nossa saúde, mas isso é ‘balela’ porque como uma dieta baseada em proteínas animais e vegetais, legumes e verduras e reduzida em açúcares, alimentos processados, refinados e industrializados de maneira geral poderia trazer qualquer malefício à nossa saúde? Sem contar que hoje em dia, cada vez mais estudos comprovam que ela facilita no controle dos nossos hormônios, principalmente a insulina, sendo assim extremamente benéfica também para os pré diabéticos e diabéticos.

É claro que, como em qualquer dieta alimentar, é importante procurar a ajuda de um profissional para ele acompanhá-lo pois se feita corretamente, essa dieta pode apresentar respostas adaptativas do organismo importantes, como alterações na nossa imunidade, na tireoide e nos hormônios de maneira geral.

Para acabar com dúvidas sobre o que é dieta low carb e se ela é de alguma forma, perigosa para a saúde, podemos analisar: ‘Será que alimentos que sempre existiram na natureza como frutas, legumes e verduras podem ser tóxicos para o nosso organismo, enquanto alimentos ultra processados e criados em laboratório é que seriam o que nos faz bem?’ Acho que a resposta é NÃO, DE MANEIRA ALGUMA, não é mesmo?!

A grande verdade é que nossos ancestrais lá no passado já se alimentavam de maneira low carb. O açúcar era consumido basicamente em forma de mel e não existiam comidas cheias de farinha refinada e óleos e gorduras hidrogenadas como vemos tão facilmente em supermercados hoje em dia. Nosso organismo não foi projetado para consumir esse tipo de alimento e ao ingerirmos com tanta frequência como muitos o fazem dia a dia, estamos basicamente intoxicando e inflamando nosso corpo, podendo ocasionar diversos tipos de doenças graves que podem, inclusive, nos levar à morte.

E a dieta low carb realmente funciona?

Na verdade, o processo é bem simples. Visto que não consumimos grandes quantidades de carboidratos na dieta low carb, nosso corpo entra em processo de ‘cetose’ que nada mais é do que, ao perceber que não poderemos usar a glicose para obtermos energia, ela vai ser obrigada a usar a gordura que já estava armazenada em nosso corpo para prover a energia que necessitamos, ela vai transformar a gordura ao invés da glicose no combustível que nos move a fazer qualquer coisa.

Infelizmente, estamos numa época em que consumir carboidrato excessivamente é até cultural, não só no Brasil como em outros países. E é isso que tem tornado cada vez mais pessoas obesas, depressivas, desenvolvendo doenças cardiovasculares e hormonais como a síndrome metabólica num looping que simplesmente parece não tem mais fim.

Na realidade, vivemos em uma época de intoxicação por excesso de carboidrato. Vale lembrar que algumas frutas de baixo índice glicêmico são permitidas na fase de emagrecimento que vão te fazer entender melhor sobre o que é dieta low carb, enquanto as outras, por conterem uma quantidade muito grande de frutose, que é o açúcar da fruta, ficam de fora nesse primeiro momento, bem como outras fontes de carboidratos ‘do bem’ como batata doce, mandioquinha, mandioca, entre outros.

Mas afinal, Aninha, como posso fazer dieta low carb?

Para fazer a dieta low carb, não existe segredo, basta se alimentar bem com os alimentos permitidos. Uma outra vantagem, é que nela não se torna necessário contar calorias e é indicado que você coma quantidades suficientes que te façam sentir saciado, portanto, ao contrário de tantas dietas restritivas que vemos por aí e que acabam por se tornar o pesadelo das pessoas que iniciam essas dietas, é que você não passa fome, olha que maravilha emagrecer desse jeito!

Segundo a nutricionista clínica Isabella Vorccaro: “dê prioridade para alimentos ricos em gordura insaturada, como o abacate, o azeite, o coco, castanhas e sementes que são mais saudáveis, que geram maior saciedade e ainda fornecem uma quantidade adequada de fibras, vitaminas e minerais”.

Independentemente de qualquer coisa, meus queridos leitores, é sempre importante lembrar que a orientação de um profissional da área é essencial para seguir qualquer tipo de estratégia alimentar tanto a curto, como a médio e longo prazo, não deixe de fazer isso se a sua intenção for ingressar por esse caminho.

Por hoje é só, espero que tenham entendido pelo menos um pouco sobre o que é dieta low carb e como fazê-la. Até a próxima!

 

 

https://youtu.be/p8l_JMqEL34  

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *